top of page

Pierre Cardin reencontra sua origem de volta para o futuro

Caracteristicamente revolucionária a Pierre Cardin, retoma suas origens futurísticas em meio ao sucesso de seus licenciamentos comerciais.

Foto: Divulgação / Muraca

 

Se a sede por uma vivência fantasiosa de um futuro distópico estava cada vez maior, Pierre Cardin retorna ao futuro de forma triunfal, sanando todo esse desejo por novas propostas escapistas.

Apresentada essa semana (25 de setembro) o desfile que aconteceu na semana de Moda de Paris, foi uma homenagem do sobrinho de Pierre Cardin, Rodrigo Basilicati-Cardin viajou pelos anos 60, era que consagrou a marca como revolucionaria e futurista.

O desfile contou com túnicas dignas de filmes da categoria Sci-fi, onde novas texturas e materiais contam como o corpo será apresentado para esse futuro, mas como estamos falando de novas e revisitadas perspectivas, o desfile não seria completo sem a aposta em modelos de vestidos coloridos e estruturados.

Foto: Divulgação / Muraca


A maioria das modelos usava óculos de viseira Destination Moon ou estava maquiada com uma faixa de tinta azul sobre os olhos. Conferindo à beleza do desfile o papel da visão ampla dos detalhes, entendendo o quanto as novas tecnologias em wearables são a nova realidade.

Esse futuro parece ser rodeado de seda, afinal foi o ponto inicial de modelagens e volumes proposto por Rodrigo Basilicati-Cardin, que em meio a drapeados e metragens extensas soube suavizar e delimitar o conceito para diversas ocasiões.


Foto: Divulgação / Muraca

ความคิดเห็น


bottom of page